Plantio de abacaxi é tema de seminário em Bannach

O município de Floresta do Araguaia, sul do Pará, é um bom exemplo de como a diversificação de culturas e a industrialização da produção agrícola, pode gerar bons lucros e manter a família agregada ao campo. Floresta é o maior produtor de abacaxi do estado do Pará e o segundo maior do Brasil. A colheita do fruto gera aproximadamente 3 mil empregos diretos e indiretos a cada safra.

De posse dessas informações, o secretário municipal de Agricultura de Bannach, José Carlos Carvalho de Oliveira (Carlinhos do Povo), esteve naquele município dia 24 de março, visitando e conhecendo de perto as técnicas de plantio do fruto. A ideia é implantar a cultura do abacaxi também no município bannaquense, com apoio da Prefeitura Municipal.

Floresta começou a produzir abacaxi da variedade pérola, a sério, nos anos 80, e atualmente é o maior produtor individual de abacaxi do Brasil. Só o município de Floresta possui uma área plantada de 12 mil hectares e 100 % das lavouras já são mecanizadas, terras aradas, algo até raro na agricultura amazônica.

A comitiva política de Bannach levantou dados desde os primeiros momentos da preparação do solo até a colheita final. Nos próximos dias 3 e 4 de abril, será realizado em Bannach o Primeiro Seminário  de Agricultura Familiar. O evento será na Câmara Municipal, apartir das 15h.

Conforme o secretário de Agricultura José Carlos (Carlinhos do Povo) o evento será de grande importância, pois estará incentivando os produtores no plantio de abacaxi, dentre outras espécies.

Compartilhe nas redes sociais.